Huambo, 01/8 – O Comando da Polícia Nacional na província do Huambo registou nos últimos sete dias, um aumento de sete acidentes de viação, somando 14 em relação ao período de 16 a 23 de Julho, uma situação causada pela negligência de alguns condutores na observação das regras de trânsito. Dos 14 acidentes, 10 ocorreram no município sede do Huambo e os restantes nos municípios da Caála, Londuimbali, Tchicala-Tcholohanga e Katchiungo.

Onze feridos e danos materias calculados em 544.400 Kuanzas foi o resultado dos 14 acidentes, caracterizados em choques entre veículos automóveis, entre veículos automóveis e velocípedes com motor e sem motor, despistes, capotamentos e atropelamentos.

A polícia considera o excesso de velocidade, a falta de precaução, a não cedência de passagem, as mudanças de direcção e ultrapassagens irregulares como as principais causas dos acidentes.

Um afogamento, uma remoção de cadáver, uma explosão de mina e a recolha de três projecteis de RPG-7 abandonados numa das residências na aldeia de Pombombo nesta província, contaram do balanço semanal do Comando da Polícia Nacional.

No âmbito do programa da Polícia Nacional de desarmamento da população civil, o comando recolheu quatro armas de fogo do tipo AKM, cinco carregadores, 83 munições de modelo 43, três projécteis, uma caçadeira e uma granada.

Durante o período em balanço, de 23 a 30 do mês de Julho, a corporação registou ainda, 24 crimes diversos, tendo detido 32 indivíduos acusados de estarem envolvidos.

A polícia verificou um aumento também nos casos de furtos e burlas num total de sete ocorrências, mais três em relação ao período anterior

Fonte: (ANGOP)